Notícias

Tom Holland comparece a Keystone Comic-Con

Tom Holland compareceu neste final de semana, 25, na Keystone Comic Con na cidade de Filadélfia (EUA) e participou de um painel onde respondeu algumas perguntas de fãs. Confira abaixo a tradução, vídeos e fotos.

 

 Public Appearances > Eventos > 2019 > 25/08 – Keystone Comic Con – Panel

09~14.jpg
10~4.jpg
11~19.jpg

12~5.jpg

Tom Holland comparece à Disney D23 Expo

Aconteceu hoje, 25, em Anaheim, Califórnia (Estados Unidos), à Disney D23 Expo onde o estúdio apresentou novidades de seus próximos lançamentos. Tom Holland compareceu ao painel do estúdio da Pixar para divulgar novidades de Dois Irmãos: Uma Jornada Fantástica.

Além de Tom, Chris Pratt e Julia Louis-Dreyfus também subiram ao palco para anunciar as novidades, que foram um pôster exclusivo, imagem promocional e exibição de 8 minutos do longa animado para o público presente no evento.

Dois Irmãos: Uma Jornada Fantástica estreia em março de 2020.

“Homem-Aranha: Longe de Casa” será relançado nos cinemas dos Estados Unidos!

Homem-Aranha: Longe de Casa será relançado nos cinemas dos Estados Unidos por um período de 1 semana, impulsionado por um feriado americano. Nova versão, que contará com 4 minutos de cenas extras, será lançado nos cinemas no dia 29 de agosto.

As novas cenas, na verdade, é um curta mostrando Peter Parker fazendo alguns afazeres e tarefas antes de viajar para Europa com seus amigos e também estará como extras no DVD e Blu-Ray que deverá ser lançado em outubro. Algumas das cenas pode ser visto no trailer abaixo:

O relançamento do filme será exclusivo dos Estados Unidos e não chegará ao Brasil.

“Homem-Aranha: Longe de Casa” se torna a maior bilheteria da Sony Pictures

Homem-Aranha: Longe de Casa vem quebrando recordes para um filme do teioso, após ultrapassar US$ 1 bilhão nas bilheterias mundiais, o filme agora se tornou a maior bilheteria do estúdio da Sony Pictures, que anteriormente pertencia a 007 – Operação Skyfall com US$ 1,108,561,013.

O novo filme do Aranha arrecadou até o momento US$ 1,115,751,480 , sendo US$ 379,751,480 somente nos Estados Unidos e US$ 28,137,800 no Brasil.

Homem-Aranha: Longe de Casa segue em cartaz nos cinemas brasileiros.

“Homem-Aranha: Longe de Casa” ultrapassa US$ 1 bilhão nas bilheterias

O novo filme do amigão da vizinhança, Homem-Aranha: Longe de Casa, ultrapassou a marca de US$ 1 bilhão nas bilheterias mundiais.

Pela primeira vez, um filme do teioso quebra a barreira e o segundo da Sony Pictures que fez US$ 1 bilhão.

Homem-Aranha: Longe de Casa segue em cartaz nos cinemas brasileiros.

Como Tom Holland e Jake Gyllenhaal forjaram sua amizade em “Homem-Aranha: Longe de Casa”

Há uma cena em “Homem-Aranha: Longe de Casa”, onde Tom Holland e Jake Gyllenhaal apertam as mãos. (Relaxem, essa entrevista não contem spoilers!). Não é uma cena particularmente excitante, apenas um breve momento do Teioso e o Mágico do Gyllenhaal, Mysterio, se encontrando pela primeira vez. Inclusive, essa cena está nos trailers e imagens promocionais.

Para um filme de super-heróis que inclui acrobacias,e feitos visuais e muitas cenas de ação filmadas em vários países da Europa, um aperto de mão deveria ser fácil. Deveria ser…

Na realidade, essa cena teve quase 50 tomadas, porque toda vez que Holland e Gyllenhaal apertavam as mãos, fechavam os olhos e começavam a dar risadinhas. “Tom estava cansado e ele simplesmente não conseguia manter os olhos abertos“, contou Jake. “Toda vez que nós apertávamos as mãos, ele começava a rir, então eu também começava e nós dois não conseguíamos mais parar de rir. Isso chegou a durar uns 30 minutos e foi um desastre“.

Eu nem me lembro o que era tão engraçado nisso“, acrescentou Holland. “Havia uma cena em que o Jake e eu simplesmente não conseguíamos manter nossos rostos sérios“.

Tom Holland e Jake Gyllenhaal nunca haviam trabalhados juntos antes de “Longe de Casa”, mas no momento que isso aconteceu, se tornaram amigos rapidamente, o tipo de amigos que podem ter histéricas crises de risadas com apenas um contato visual. Quando eles se reuniram para a EW em maio, os dois começaram a falar um com o outro sobre suas escolhas de roupas. Em um ponto durante a sessão de fotos, Tom se aproximou do rosto de Gyllenhaal enquanto olhavam um nos olhos dos outros e seus lábios quase se tocavam, mas logo em seguida ambos começaram a dar risadas.

Eles realmente se deram bem quase que imediatamente. Eles sempre se acabam dar dar risadas em todas as tomadas, essa era a única desvantagem“, contou o diretor Jon Watts. “Nós teríamos meio caminho através de uma tomara surpreendente e então eles faziam um ao outro rir e por causa disso precisávamos cortar“.

Analisando melhor essa situação, Holland e Gyllenhaal não têm muito em comum. Tom é um britânico de 23 anos, com experiência em ginástica; Já Gyllenhaal é um ator já indicado ao Oscar e 15 anos mais velho do que Tom e conhecido por viver personagens peculiares.

Mas ambos são nerds no teatro, estreando nas telonas durante suas adolescências. Eles compartilham uma admiração pelas carreiras um do outro. A dupla se conheceu em um restaurante, quando Jake foi anunciado no elenco de Homem-Aranha. Jake até fez alguns comentários sobre o filme.

Peter se preocupa com um monte de pessoas, mas particularmente com os estranhos que ele não conhece muito bem, mas compartilha interesses em comuns. Eu adoro como duas pessoas se aproximam tão rapidamente por causa de suas histórias ou como fazem suas batalhas como super-heróis“.

Como disse Jon Watts, se Tony Stark era como um pai super-legal para o Peter, o personagem Quentin Beck será como um “tio legal”, que irá ajudar Peter em alguns combates contra os Elementais e oferecer conselhos cobre garotas…

Eu provavelmente teria dito que seria um irmão mais velho, porque tio é uma palavra muito pesada para o universo do Peter Parker”, completou o diretor. “Ele teve algumas experiências ruins com tios“.

Para Tom Holland, ele se inspirou na relação entre mentor e aprendiz da vida real. “É sempre um pouco estressante quando você encontra alguém no qual admira. Fiquei muito grato quando conheci o Jake e descobri que ele era um cara adorável“. Assim como Peter pede conselhos para Quentin Beck, Holland também recorreu a Jake Gyllenhaal para pedir alguns conselhos sobre a carreira. “Ele é definitivamente alguém com quem eu me sinto confortável para ligar e dizer: ‘ei cara, você se importaria em dar uma leitura nesse roteiro e me dizer o que você acha‘”.

Mas os conselhos foram para ambos os lados. Apesar de Jake estrelar filmes com grandes orçamentos, “Longe de Casa” é seu primeiro filme de super-herói. Em seu primeiro dia no set, o ator experimentou o traje do Mysterio e filmou um truque onde ele se joga em uma enorme plataforma.

Entre as façanhas, figurinos e pressão em ser um novo rosto para a multibilionária franquia da Marvel, Gyllenhaal diz que se viu lutando diariamente para se adaptar aos primeiros dias no set. “Eles são grandiosos. De certa forma, esperam que você pule do trem e siga em frente. Pra mim, demora alguns segundos.. eu fico sobrecarregado em qualquer set, e leva algum tempo até eu me aquecer“.

Então, após os primeiros dias de filmagem, Holland puxou Gyllenhaal para o lado apenas para fazer um ‘check-in’. Quando Jake disse que estava se sentindo “esgotado”, Tom respondeu que se sentia exatamente assim quando colocou o traje do Spidey em “Capitão América: Guerra Civil”.

A Marvel faz isso o tempo todo, onde você é escalado, aprende suas falas e então eles te dão seis páginas de roteiro e dizem: ‘aqui, nós reescrevemos, aqui está. Pronto para o filme?‘”. Contou Holland. “Você vai… espera um minuto, eu não preciso aprender as minhas falas? Então, isso é um grande primeiro dia, e eu acho que ele precisava de um amigo pra falar: ‘cara, está tudo bem, eu já estive aí também‘”.

Quando ele assumiu a responsabilidade de liderança, fez isso de uma maneira muito bonita. Apesar de compartilharmos uma diferença de alguns anos em nossas idades e experiência“, acrescentou Jake. “Eu realmente olhei para ele nesse sentido. Ele fez isso de uma maneira muito gentil. Atores, nem sempre, fazem esse tipo de gentileza. Algumas pessoas oferecem ajuda, outras não querem, ou há egos envolvidos nisso. Mas no Tom, não havia nenhum ego“.

Pode não ter havido ego, mas com certeza houve muitas risadas…

Nós fizemos algumas coisas realmente muito poderosas e uma ótima cena com nós dois rindo muito, por uns 20 minutos, e deixando toda a equipe maluca”, disse Holland. “Somos grandes amigos fora da tela, então temos que permitir que nosso relacionamento floresça na tela“.

Os filmes de super-heróis podem terminar, mas a amizade é para sempre.

Homem-Aranha: Longe de Casa estreia no dia 4 de julho.

Tom Holland é um dos novos membros da Academia de Artes e Ciências Cinematográficas!

Tom Holland entra para os membros da Academia de Artes e Ciências Cinematográficas para o ano de 2019.

Buscando expandir sua lista de membros nos últimos anos, a Academia do Oscar convidou pouco mais de 800 novos membros entre 59 países. Entre os atores que agora fazem parte da academia temos nada menos do que Tom Holland, Lady Gaga, Elisabeth Moss entre outros.

A lista completa de novos membros você pode conferir aqui.

‘Homem-Aranha: Longe de Casa’ estabelece o futuro da Marvel e Tom Holland | Los Angeles Times

Há um momento na Sony e no grandioso “Homem-Aranha: Longe de Casa”, da Marvel, onde Nick Fury (Samuel L. Jackson) tenta convencer Peter Parker (Tom Holland) a abandonar suas férias escolares para salvar o mundo.

Peter Parker – recém saído da carga emocional de ‘Ultimato’ e se recuperando com a morte do seu mentor, Tony Stark – está relutante em assumir uma responsabilidade e a luta contra os deveres do Homem-Aranha.

Em nossa interação co o Homem-Aranha, Peter Parker fica com todos”, começou Holland durante um café com a LA Times. “Mesmo com o Flash, que é valentão, ele tem uma boa relação. Mas com o Nick Fury ele fica batendo a cabeça… o que é muito divertido para mim mas também difícil discutir com o Samuel… assustador demais. Há um pouco disso no trailer, você pode ver uma cena onde ele fala ‘Bitch please’, é o sonho de todo ator ser chamado assim por ele“.

Aos 23 anos de idade, Tom Holland vive seu próprio sonho ao interpretar o Homem-Aranha desde 2016. Ele é o terceiro ator a vestir o manto do herói.

Minha voz ficou mais profunda, desde que fui escalado, o que é embaraçoso, porque é algo que acontece quando você tem uns 14 anos. Eu tenho que erguer um pouco minha voz agora. Quando você interpreta um personagem cinco vezes, acaba ficando sem ideia; às vezes e complicado encontrar novas coisas para manter o personagem crescendo e progredindo“.

O crescimento é um tema importante para o Peter em ‘Longe de Casa’, que estreia no dia 4 de julho.

Há um nível de pressão porque as pessoas realmente querem saber o que vem a seguir. Ultimato foi um chute no meio dos dentes todo aquele final. Todo mundo se apaixonou pelos personagens ao longo desses 10 anos e, de repente, essas mesmas pessoas, acabam partindo“.

Para o diretor Jon Watts, as apostas emocionais de ‘Ultimato’ é um grande desafio a ser explorado na sequência de ‘De Volta ao Lar’.

Eu gosto de ver isso como uma oportunidade”, começou Watts. “Tantas coisas malucas acontecem nesse filme e muitas questão são resolvidas. Isso realmente ajudou a dar foco no filme e criar uma ponto emocional forte para a história e também o Peter“.

Kevin Feige aproveitou também para dizer que o filme está cheio de referências e dicas sobre o futuro da Marvel e tudo que está por vim na próxima fase do estúdio.

Enquanto isso, Tom Holland disse: “Quase tive que costurar minha boca. Eu acho que as pessoas esquecem que sou fã. Antes mesmo de me tornar ator, estava obcecado com esses filmes. Sou tão fã quanto os fãs. Quando eu descubro spoilers, quero falar com as pessoas sobre isso porque não consigo acreditar. Fico tão empolgado, honestamente, quero compartilhar as informações, porque o termo ‘quebrar a internet’ é uma coisa real. E se você souber de algo que possa quebrar a internet, é uma espécie de poder legal para se ter“.

Sobre as filmagens da morte do Tony Stark em ‘Ultimato’, os diretores não contaram para o Tom o motivo que o elenco estava se reunindo.

Quando entrei no set, estava Robert, Gwyneth, Don e os diretores e Kevin. Eles nos disseram a verdade, e na hora senti como se alguém tivesse puxado o tapete debaixo dos meus pés. Não havia roteiro, apenas ‘é isso que vai acontecer’. Sabemos que vocês estão tão envolvidos emocionalmente nesses personagens que tudo que fizerem será verdadeiro“.

Para mim, foi apenas o meu momento para agradecer o Robert por ter sido meu mentor nos últimos 5 anos, e com sorte, pelo futuro da minha carreira. Acho que houve momentos em que improvisei e disse: ‘Robert, muito obrigado. Eu realmente gostei disso’. E quando você diz coisas desse tipo para alguém que você ama – mesmo pensando nisso, estou ficando um pouco abalado – as emoções ficam vindo“.

Tom falou sobre “Cherry”, seu próximo projeto dirigido pelos Irmãos Russo:

Ele [o personagem] se volta para as drogas e se torna um ladrão de bancos. Para mim, é uma perspectiva muito interessante, porque é um papel muito diferente de qualquer coisa que já fiz. Também, uma parte de mim adoraria fazer um filme de comédia. Acho que sou uma pessoa engraçada e que seria divertido fazer. Amo desafios e eu não gosto de fazer a mesma coisa duas vezes“.